Erros que você comete na gestão financeira do seu condomínio e nem sabia 

gestão de condomínio

Como anda a sua vida financeira? Fazer essa gestão é uma prioridade no seu dia a dia?  

Segundo uma pesquisa realizada pela Associação Planejar  a organização financeira, quitação de dívidas, preparação para a aposentadoria, investimentos e compras de bens são as razões pelas quais as pessoas fazem planejamento financeiro

Todavia, 46% dos brasileiros não controlam seu orçamento, revela pesquisa do SPC Brasil. Esses números são extremamente preocupantes, uma vez que, uma boa gestão financeira é fundamental para o seu crescimento pessoal e da sua administradora. 

No artigo de hoje separamos alguns dos principais erros que você (provavelmente) comete na gestão financeira do seu condomínio e como resolvê-los. Continue a leitura! 

Confundir finanças empresariais e pessoais 

Esse é um dos erros mortais de todo gerenciamento financeiro. Além disso, cometer esse erro pode gerar desencontro de informações e, possivelmente, o “caixa não irá fechar no final do mês”. Portanto, tenha claro no seu fluxo de caixa o que são finanças pessoais e o que é da empresa. 

Não conhecer o próprio negócio  

Esse também é um erro muito comum. Responda com sinceridade: você conhece a fundo a sua marca? Sabe exatamente quais são suas necessidades mais urgentes? Por mais absurdo que possa parecer, alguns proprietários não têm conhecimento das necessidades mais básicas do próprio negócio. 

Portanto, antes de qualquer análise ou solução financeira, entenda as necessidades da sua empresa. 

Não projetar o fluxo de caixa 

O fluxo de caixa é considerado uma das ferramentas de gestão financeira mais importantes da atualidade. 

 Portanto, além de registar gastos que você teve hoje e terá amanhã, é importante projetar os gastos que terá nos próximos meses. Ou seja, assim sua gestão financeira ganha previsibilidade e você não se assusta com gastos fora do orçamento. 

Não criar um plano financeiro 

Você deseja melhorar a saúde financeira da sua administradora? Então não pode ignorar o plano financeiro. Ele é essencial, principalmente, para gerar aquele fundo de reserva e não fechar o mês no vermelho. 

Além disso, o plano financeiro mensura todas as questões que envolvem dinheiro. Ou seja, estrutura principalmente os valores que são destinados à quitação das contas ou realização de novos investimentos. 

Portanto, a sua primeira missão para construir o planejamento financeiro é conhecer a situação real do negócio. E fazer um amplo estudo de todas as questões envolvem o seu dinheiro, tanto as quantias que entram quanto as que saem do caixa. 

Anotou todas as dicas? Então, está na hora de colocar em prática e se organizar financeiramente. Isso vai evitar muitos problemas futuros com, com toda certeza. 

Conheça o Partner Bank 

Somos o elo entre o banco, o cliente e a administradora. Uma plataforma financeira que irá modernizar e simplificar seus processos administrativos. Você não precisa mais perder tempo administrando recebimentos, nem gerenciando centenas de processos manualmente. 

Que tal receber dicas e novidades?

Assine nossa newsletter para receber conteúdos relevantes do mercado.

A sua instituição de pagamentos

Onde estamos

Matriz: São Paulo
Rua Paes Leme, 215, 14ºandar, Pinheiros, São Paulo/SP
CEP 05424-150 – (11) 3090-3227
Filial: Belo Horizonte
Rua Santa Catarina, 1631, 12ºandar,
Lourdes, Belo Horizonte/MG
CEP 30170-081 – (31) 4040-4167

A sua instituição de pagamentos

×